quarta-feira, 29 de março de 2017

Fragmentado (versão dublada)


Revi o suspense Fragmentado (Split, EUA, 2016), de M. Night Shyamalan, desta feita na versão dublada, que está tão excepcional quanto o trabalho de McAvoy e percebi também o empenho do diretor em nos contar num formato de fábula, uma história surpreendente sobre a criação de um vilão.

O que forma um vilão? Ou na vida real, o que faz um ser humano se tornar assassino? Certamente os traumas da infância tem relação nesse viés. E é absurdo a repulsa que o estrupo de vulnerável causa em qualquer ser humano, tão hediondo é um crime como este. Outro tema que vemos em tela, é a violência desproporcional que alguns pais fazem com seus filhos. Crianças precisam somente de amor, e embora isso envolva algumas palmadas esporádicas, a violência nunca será o melhor caminho.

McAvoy está realmente acima do nível nesse papel interpretando várias personalidades. Seu olhar, os movimentos das mãos, o jeito de andar, é palpável a entrega do ator ao papel. A cena final do filme transforma o que era um bom suspense numa surpreendente proposta de continuação de Corpo Fechado (Unbreakable, 2000), e cria no público a expectativa por um terceiro filme desse universo, com o confronto entre o herói interpretado por Bruce Willis e o vilão que ganhou forma com James McAvoy.

Confira o trailer de Fragmentado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Isso! Comente! Faça um blogueiro feliz!

Compartilhar