sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

As Mortes de Dick Johnson

 


Cativante documentário As Mortes de Dick Johnson (Dick Johnson Is Dead, 2020) de Kirsten Johnson e co-escrito por Johnson e Nels Bangerter, narra com bom humor a morte dele, de forma criativa em um esforço bem interessante de guardar na memória a essência de quem foi este homem.

A história se concentra no pai de Johnson, Richard, que sofre de demência, retratando maneiras diferentes - algumas delas "acidentes" violentos - nas quais ele poderia finalmente morrer. uma maneira de manter vivo seu pai de 86 anos para sempre. Utilizando a magia do cinema e o humor sombrio de sua família, ela comemora os últimos anos do Dr. Dick Johnson encenando fantasias da morte e além. Juntos, pai e filha enfrentam a grande inevitabilidade que nos espera.

A diretora consegue encontrar uma forma de manter seu pai de 86 anos vivo para sempre. Ela encontra uma saída ao misturar o cinema e o humor cáustico que é peculiar a sua família. Me emocionei demais em alguns momentos.

Premiado com o Troféu da Inovação no Festival de Sundance 2020, o filme está na lista de pré indicados ao Oscar 2021 na categoria documentário.


Segue trailer de As Mortes de Dick Johnson:



quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Crip Camp: Revolução pela Inclusão

 


Documentário Crip Camp: Revolução pela Inclusão (Crip Camp: A Disability Revolution, 2020) dirigido, escrito e co-produzido por Nicole Newnham e James LeBrecht. Conta com Barack e Michelle Obama como produtores executivos e narra uma trajetória de luta por direitos inclusivos dos portadores de necessidades especiais. Me fez lembrar meus tempos de faculdade, onde junto com o amigo Cilas a partir de 2002, lutamos para que uma rampa fosse construída na Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAACs) da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O documentário apresenta um acampamento ao melhor estilo Woodstock mudou o mundo e ninguém conhecia essa história... O filme mostra como aquele local transformou a vida de um grupo de adolescentes e, a partir dali, ajudou a mudar os direitos civis americanos.

O acampamento Jened, fundado em 1951 e fechado após o verão de 1977, parece em muitos aspectos como qualquer outro alojamento de jovens na era do amor livre. E justamente por ser assim, tão normal, é que evidencia seu maior triunfo: não havia tratamento diferenciado para seus frequentadores, todos jovens e adultos com algum tipo de deficiência, física ou intelectual, de variados graus e níveis de lesão, e em alguns casos com comprometimentos de comunicação.

Todo ano, o acampamento localizado nas montanhas de Catskills, no estado de Nova York, recebia dezenas de jovens com deficiência que encontravam ali um lugar onde poderiam ser quem eles eram: adolescentes. Piadas sujas, festas, música, paquera, desabafos: muito da convivência natual e sem barreiras entre eles foi registrado em imagens em preto e branco pela câmera de LeBrecht, nascido com uma malformação congênita chamada espinha bífida, na época em que ele frequentou o local. Os monitores do acampamento eram jovens estudantes, sem deficiência, trabalhando como temporários. É fácil se deixar levar pela ideia de que, ali, os visitantes não estariam tendo o resguardo que recebiam em casa, mas era justamente por isso que eles se sentiam tão livres. Em rodas de conversas, eles expressavam sobre como se sentiam sufocados pela superproteção da família e até sobre a privacidade que desejavam.

A experiência do alojamento fomentou um senso de comunidade único que alimentou diretamente o movimento americano pelos direitos das pessoas com deficiência na década de 1970. E é aí que 'Crip Camp' se torna um filme tão necessário para entender a difícil luta pela qual tiveram que passar. Naquela época, o mundo era bem diferente. Não havia rampas de acessibilidade nas ruas. Não havia Braille nos botões do elevador. Crianças em cadeiras de rodas eram rejeitadas em escolas por serem consideradas "riscos de incêndio".

Judy Heumann, vítima de poliomielite aos 18 meses de idade e uma das frequentadoras mais ativas do acampamento, é um dos personagens principais dessa mudança nos Estados Unidos e que inspirou mundo afora. No acampamento, ela organizava sessões de conversa em grupo em que todos tinham o direito de se expressar e se manifestar, inclusive aqueles com dificuldades severas de linguagem, e todos eram ouvidos. Fora dali, ela se tornou figura pública ao participar da Ocupação 504 em 1977, um protesto que levou a mudanças significativas nas leis de reabilitação do país, onde um grupo ficou acampado num prédio público do Departamento de Saúde, Educação e Bem-Estar de San Francisco até que fossem aprovadas leis por direitos iguais. Heumann, que hoje tem 72 anos, trabalhou como assessora especial para assuntos ligados aos Direitos da Pessoa com Deficiência no governo do ex-presidente Barack Obama.

Acompanhe o trailer de Crip Camp: Revolução pela Inclusão:




terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Documentário inédito sobre Billie Eilish chega aos cinemas da Rede UCI no dia 26 de fevereiro

 



Pré-venda do longa “The World’s A Little Blurry”, de R. J. Cutler, que traz uma visão intimista da vida da jovem e premiada artista norte-americana, já está disponível

A partir do dia 26 de fevereiro, o público brasileiro poderá assistir nos cinemas da Rede UCI o documentário “The World’s A Little Blurry”, dirigido por R. J. Cutler. O filme promete trazer uma visão intimista de Billie Eilish, artista que é uma das mais novas sensações do pop mundial. A pré-venda já está disponível em diversas capitais do país (São Paulo, Belém, Campo Grande, Canoas, Recife, Curitiba, Fortaleza, Rio de Janeiro, Salvador e São Luís) pela rede UCI de Cinemas. A exibição será limitada a somente uma sessão por dia e durante uma semana.

O longa-metragem traz diversas nuances da cantora e compositora, além de cenas que mostram seus familiares e amigos próximos. Com um tom leve e divertido, a produção também conta com momentos únicos no palco durante a turnê de “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, álbum que a tornou a primeira artista nascida no século 21 a estrear em primeiro lugar no Billboard 200, e a mais jovem a conquistar indicações em todas as principais categorias do GRAMMY AWARDS, levando 6 estatuetas para casa em 2020.

Marcando presença desde 2016, quando lançou o seu primeiro grande hit autoral, “Ocean Eyes”, aos 13 anos de idade, seu trabalho vem surpreendendo o público a cada lançamento, conquistando os jovens dessa geração. Sua música engloba diversos gêneros musicais, com traços de hip-hop, folk, rock alternativo, pop e eletrônica que, unidos à sua capacidade vocal e letras profundas e sinceras, atrai fãs de todos os gostos e idades, lotando estádios no mundo inteiro.

Para saber informações sobre os valores dos ingressos, basta acessar o site oficial da Rede UCI de Cinemashttps://www.ucicinemas.com.br/

sábado, 13 de fevereiro de 2021

Tully


Drama Tully (2018) de Jason Reitman apresenta a dura rotina de uma mãe, nos cuidados dos filhos pequenos. Se destaca pelo belo roteiro de Diablo Cody e a atuação sempre glamurosa da Charlize. O filme não é uma visão pessímista da maternidade. É honesta, e merece o nosso respeito.

Marlo (Charlize Theron) é mãe de três filhos, com um recém-nascido para cuidar, vive uma vida muito atarefada. Certo dia, ganha de presente de seu irmão uma babá para cuidar das crianças durante a noite. Embora um pouco hesitante, Marlo é surpreendida por Tully (Mackenzie Davis).

O longa acaba sendo um relato tragicômico, duro, mas ao mesmo tempo, honesto e sensível sobre os prazeres e desprazeres da maternidade. Charlize passou por uma transformação física bem impressionante para representar uma mãe pós-parto e teve uma interpretação notável para mostrar os diferentes estados de espírito da personagem.




sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Até o Fim: A Luta Pela Democracia


Documentário Até o Fim: A Luta Pela Democracia (All In: The Figth For Democracy, 2020) de Lisa Cortés e Liz Garbusanalisa a supressão do voto nos EUA, uma prática antiga no país, que exclui principalmente os menos favorecidos. O filme entrelaça experiências pessoais com o ponto de vista ativista e histórico para expor um problema que corrompe o país desde sua criação. Com a experiência da Stacey Abrams, ex candidata ao governo do estado da Geórgia. O filme oferece uma visão dos bastidores e mostra as barreiras do voto.

O documentário analisa a história e o ativismo atual contra a supressão de eleitores, impondo barreiras ao voto que a maioria das pessoas nem sabe que são uma ameaça aos seus direitos básicos como cidadãos dos Estados Unidos. Simplesmente necessário.

Segue trailer de Até o Fim: A Luta Pela Democracia:


Tom & Jerry: O Filme estreia no UCI e promete agradar os amantes de histórias clássicas



 Rede de cinemas mantém serviços especiais, como Sessão Amigos e Segunda Mania, nas cidades onde o feriado carnavalesco foi cancelado pelas autoridades municipais

 

Por conta da pandemia do Covid-19, alguns municípios cancelaram o feriado de carnaval, que aconteceria na próxima semana no país. Cidades como São Paulo, Recife, Fortaleza, Belém, São Luís, Campo Grande e Salvador não terão recesso, mas isso não impede que pessoas de todas as idades e gostos contem com uma programação especial e segura para se divertir nos próximos dias. Uma boa opção é checar a programação da Rede UCI de Cinemas, que conta nesta semana com a estreia de “Tom & Jerry: O Filme”, do diretor Tim Story. O longa-metragem traz uma combinação impressionante de animação clássica e live action e promete entreter os cinéfilos de plantão.

 

E para quem deseja aproveitar o cinema ao lado somente dos seus amigos e/ou familiares, basta reservar um horário no Sessão Amigos. O serviço faz parte do processo de reabertura com segurança da rede e permite que um grupo de pessoas possa reservar o cinema para uma sessão privada. Para aproveitar a experiência ao lado dos amigos e/ou familiares, é só acessar ucicinemas.com.br/sessaoamigos, escolher dia, hora e filme, e chamar a galera! Os clientes também podem escolher qualquer filme em cartaz incluindo “Mulher Maravilha 1984” e a recém estreia “Tom & Jerry: O Filme”, além de opções em um catálogo recheado de blockbusters, como “A Bela e a Fera”, “A Freira”, “Aquaman”, “Capitã Marvel”, “Coringa”, “It”, “O Rei Leão”, “Os Novos Mutantes”, “Scooby! O Filme” e “Tenet”, do aclamado diretor Christopher Nolan. As sessões privadas podem ser realizadas todos os dias e os valores variam de R$ 200 a R$ 600.

 

Nas cidades onde o feriado foi cancelado pelas autoridades municipais, a promoção Segunda Mania será mantida na próxima segunda, dia 15. Nesta data, os clientes podem adquirir ingressos com valores reduzidos e o desconto é válido para as salas convencionais (meia R$ 7,50 e inteira R$ 15).

 

Com o intuito de trazer uma experiência ainda mais agradável e segura para os seus clientes, todas as salas do complexo contam com o exclusivo sistema de purificação do ar condicionado iWave, um sofisticado equipamento com polarizadores de íons que destroem não apenas o vírus do Covid-19, como qualquer outro microrganismo nos dutos de ar condicionado. Importada dos Estados Unidos, a tecnologia emite nos dutos de ar condicionado íons com cargas positiva e negativa, que se aderem a qualquer partícula do que não seja neutra, neutralizando e destruindo vírus, bactérias, ácaros e fungos. Esse sistema purifica completamente o ar, eliminando também partículas nocivas à saúde, como resquícios de dióxido de carbono.

 

Para checar a programação completa e saber informações sobre os valores dos ingressos, basta acessar o site oficial da Rede UCI de Cinemas: https://www.ucicinemas.com.br/

Por conta da pandemia do Covid-19, alguns municípios cancelaram o feriado de carnaval, que aconteceria na próxima semana no país. Cidades como São Paulo, Recife, Fortaleza, Belém, São Luís, Campo Grande e Salvador não terão recesso, mas isso não impede que pessoas de todas as idades e gostos contem com uma programação especial e segura para se divertir nos próximos dias. Uma boa opção é checar a programação da Rede UCI de Cinemas, que conta nesta semana com a estreia de “Tom & Jerry: O Filme”, do diretor Tim Story. O longa-metragem traz uma combinação impressionante de animação clássica e live action e promete entreter os cinéfilos de plantão.

 

E para quem deseja aproveitar o cinema ao lado somente dos seus amigos e/ou familiares, basta reservar um horário no Sessão Amigos. O serviço faz parte do processo de reabertura com segurança da rede e permite que um grupo de pessoas possa reservar o cinema para uma sessão privada. Para aproveitar a experiência ao lado dos amigos e/ou familiares, é só acessar ucicinemas.com.br/sessaoamigos, escolher dia, hora e filme, e chamar a galera! Os clientes também podem escolher qualquer filme em cartaz incluindo “Mulher Maravilha 1984” e a recém estreia “Tom & Jerry: O Filme”, além de opções em um catálogo recheado de blockbusters, como “A Bela e a Fera”, “A Freira”, “Aquaman”, “Capitã Marvel”, “Coringa”, “It”, “O Rei Leão”, “Os Novos Mutantes”, “Scooby! O Filme” e “Tenet”, do aclamado diretor Christopher Nolan. As sessões privadas podem ser realizadas todos os dias e os valores variam de R$ 200 a R$ 600.

 

Nas cidades onde o feriado foi cancelado pelas autoridades municipais, a promoção Segunda Mania será mantida na próxima segunda, dia 15. Nesta data, os clientes podem adquirir ingressos com valores reduzidos e o desconto é válido para as salas convencionais (meia R$ 7,50 e inteira R$ 15).

 

Com o intuito de trazer uma experiência ainda mais agradável e segura para os seus clientes, todas as salas do complexo contam com o exclusivo sistema de purificação do ar condicionado iWave, um sofisticado equipamento com polarizadores de íons que destroem não apenas o vírus do Covid-19, como qualquer outro microrganismo nos dutos de ar condicionado. Importada dos Estados Unidos, a tecnologia emite nos dutos de ar condicionado íons com cargas positiva e negativa, que se aderem a qualquer partícula do que não seja neutra, neutralizando e destruindo vírus, bactérias, ácaros e fungos. Esse sistema purifica completamente o ar, eliminando também partículas nocivas à saúde, como resquícios de dióxido de carbono.

 

Para checar a programação completa e saber informações sobre os valores dos ingressos, basta acessar o site oficial da Rede UCI de Cinemas: https://www.ucicinemas.com.br/

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Relatos do Mundo

 


Drama Relatos do Mundo (News of the World, 2020) de Paul Greengrass, é baseado no romance de 2016 de mesmo nome de Paulette Jiles. Mostra que toda intolerância e influência jornalística que vivemos hoje, já havia há muitos anos.

A trama se passa cinco anos após o fim da Guerra Civil, por volta de 1870, o Capitão Jefferson Kyle Kidd (Tom Hanks), um viúvo veterano de três guerras, agora se muda de cidade em cidade como um contador de histórias não-ficção, compartilhando notícias de presidentes e rainhas, rixas gloriosas, catástrofes devastadoras e aventuras emocionantes dos confins do mundo.

Nas planícies do Texas, ele cruza com Johanna (Helena Zengel), uma menina de 10 anos que foi acolhida pelo povo Kiowa seis anos antes e criada como uma deles. Johanna, hostil a um mundo que ela nunca conheceu, está sendo devolvida a sua tia e tio biológicos contra sua vontade. Kidd concorda em entregar a criança onde a lei diz que ela pertence. À medida que viajam centenas de quilômetros na selva implacável, os dois enfrentarão enormes desafios tanto das forças humanas quanto naturais enquanto procuram um lugar que possam chamar de lar.

Senti falta da câmera frenética e das sequências de ação de tirar o fôlego do Greengrass. No máximo temos uma cena de tiroteio, que não lembram os áureos tempos da franquia Bourne.O melhor do filme é a relação "pai e filha" entre Kidd e Johanna que é construída aos poucos, delineando o passado do homem com o possível futuro da menina.

Veja o trailer de Relatos do Mundo:



terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Nada Ortodoxa

 

Minisérie de quatro episódios Nada Ortodoxa (Unorthodox, 2020) de Maria Schrader é baseada em uma biografia homônima, conta a história de Esty Shapiro (Shira Haas), uma jovem de 19 anos nascida e criada em uma comunidade judaica ultraortodoxa de Nova York que decide fugir para Berlim depois de ter problemas em seu casamento arranjado.

Para escapar de um casamento arranjado, uma jovem judia foge do Brooklyn para Berlim e se junta a um grupo de músicos. Porém, deixar o passado para trás não vai ser fácil. Tentando traçar seu próprio destino, uma jovem abandona sua comunidade judia ultraortodoxa em Nova York e se muda para Berlim. Mas quando tudo parece bem, o passado retorna para atormentá-la.

acompanhamos desde a fuga dos Estados Unidos até a nova vida dela na Alemanha, passando pela preparação para o casamento e a vida a dois, e a convivência com uma tia e os avós que a criaram.

Segue trailer de Nada Ortodoxa:



segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Doação de sangue para o Raniere


O esposo da Elainy, Raniere, irá passar por um procedimento cirúrgico e necessitou de doação de sangue.

Fomos lá na mesma hora que ficamos sabendo, e fizemos a nossa parte.



domingo, 7 de fevereiro de 2021

Uma Noite em Miami


Drama Uma Noite em Miami (One Night In Miami, 2020) de Regina King, narra uma reunião fictícia dos incríveis Muhammad Ali, Malcolm X, Sam Cooke e Jim Brown para discutirem seus papéis no movimento pelos direitos civis nos anos 1960. Adapta a peça teatral homônima de Kemp Powers, lançada em 2013 e apesar de ter um plot inteligente, a execução parece forçada, não sendo tão relevante quanto poderia.

O filme é um recorte da vida do lutador de boxe da categoria de peso-pesado, Cassius Clay, o Muhammad Ali. Acompanhando sua trajetória desde jovem, quando ganhou visibilidade após participar do Miami Beach Convention Center e sair como vencedor de sua categoria, além de revisitar como se deu o início de sua amizade com Malcom X, Sam Cooke e Jim Brown.


Praticamente rodado dentro de um quarto de hotel, vemos uma acalorada discussão sobre racismo, luta por direitos iguais, o papel de cada um deles enquanto homens negros. O filme acaba sendo uma homenagem aos movimentos sociais e políticos que ganharam protagonismo desde a década de 60 e permanecem em voga até hoje.

Acompanhe o trailer de Uma Noite em Miami:



sábado, 6 de fevereiro de 2021

Assembleia Geral da Fecori


Neste sábado, a Fecori esteve reunida para tratar do Calendário do Campeonato 2020-2021, foram feitas as adaptações necessárias. 

Considerando que este campeonato abrange dois anos de competição, os atletas concorrerão nas mesmas categorias de 2020, ainda que tenha ocorrido mudança de idade que lhe faculte disputar em uma categoria superior

Os atletas que não participaram da 1ª Etapa do CCO 2020-2021, realizada em de fevereiro de 2020, poderão utilizar esta Etapa para descarte, mesmo que não tenham sido inscritos na mesma

Mari iniciando um curso superior


Minha esposa iniciou o curso superior em Pedagogia pela Unopar. Está toda empolgada. Coisa mais linda a universitária do marido.




A Escavação

 



Drama A Escavação (Dig, 2020) de Simon Stone baseado no romance homônimo de John Preston de 2007, que reinventa os eventos da escavação de Sutton Hoo em 1939. Tem muita pompa, mas não leva a lugar nenhum, sendo um mero filme contemplativo.

Às vésperas da Segunda Guerra Mundial, uma rica viúva (Carey Mulligan) contrata um arqueólogo amador (Ralph Fiennes) para escavar sepultamentos ancestrais em sua propriedade. Ao fazerem uma descoberta histórica, os ecos do passado ressoam em um futuro de incertezas. Um grupo descobre uma grande quantia de ouro em uma câmara mortuária de um navio enterrado.

Veja trailer de A Escavação:



segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Volta as aulas 2021

 

Retornamos a rotina de aulas das crianças, e assim temos que acordar cedo, pegar ônibus e cumprir uma logística pesada para oferecer a melhor educação aos meninos.

Não é fácil, afinal, tudo que é fácil, não tem valor. Quando há dificuldade, valorizamos cada conquista. Filhos, lutem pelos seus sonhos. Esse ano será de vitória.


Começando o ano letivo 2021 com esfihas do @habibsoficial Despedida das Férias.









domingo, 31 de janeiro de 2021

Treino Beneficente de Orientação do CODL

 

Nesse 31 de dezembro, realizamos um treino beneficente para custear despesas da Fecori.

Após comer tapioca no Osmar e almoçar no Abençoado, fomos para Fazenda Coité e iniciamos os preparativos para a prova. Foi um árduo trabalho, mas completado com sucesso.



Após os afazeres, um merecido descanso e momento de lazer com as crianças.



O treino foi um sucesso. Agradecemos demais aos nossos atletas, os que torceram (de perto e de longe) pelo sucesso do evento, e especialmente aos que se doaram para a realização do treino. Que a chama da orientação permaneça acesa em nossos corações. Sempre fomos um clube altruísta, tivemos o reconhecimento da Fecori, e temos conseguido fazer a diferença, ao nosso modo. Postarei aqui as palavras do Barreto sobre nosso treino

A FECORI agradece pela iniciativa de vocês e pelo seu trabalho que dedicaram à FECORI.

Na verdade, o valor doado (tudo que foi arrecadado no Evento) foi fruto do seu trabalho e dos demais integrantes do CODL, especialmente do Aquino. Um exemplo a ser seguido por outros clubes.

Quando tudo estava parado, vocês tiveram a ideia e passaram a trabalhar nela com afinco.

Os ganhos foram muitos:
- reacender a chama do CODL, que estava precisando combustível;
- Retomar as atividades da Orientação em 2021, despertando aquela vontade adormecida em todos nós;
- Reconhecer o valor e as necessidades da FECORI, que não gera recursos, mas absorve despesas continuamente;
- Estimular o surgimento de novas iniciativas semelhantes, por parte de outros clubes;
- Demonstrar que os desafios de organizar uma Etapa são perfeitamente superáveis.

Por tudo isso, expresso o meu agradecimento pessoal a vocês e me ponho à disposição para qualquer necessidade. Um forte abraço do Barreto.

Após uma linda, ensolarada e intensa manhã de domingo, só podemos agradecer ao CODL, e especialmente ao Aquino, pelo grande evento que promoveram.

Foi um Treino com cara de Etapa seja pela organização, seja pelo mapa perfeito ou seja pela postura da equipe do CODL.

Foram poucos que fizeram muito.

E o principal: saimos da letargia em que nos encontrávamos e nos reencontramos com a nossa família orientista.

Estamos todos de parabéns e muito obrigado ao CODL.



Compartilhar