quinta-feira, 6 de abril de 2017

Os Smurfs e a Vila Perdida em 3D


Animação da Sony Pictures Animation Os Smurfs e a Vila Perdida (Smurfs – The Lost Village, EUA, 2017), de Kelly Asbury que é precedido por Os Smurfs (2011) Os Smurfs 2 (2013), ambos de de Raja Gosnell que misturam animação com personagens reais live-action, sendo que dessa vez vemos um filme totalmente animado, focado nos personagens criados no final da década de 50 pelo ilustrador belgaPierre Culliford, que nos provoca sentimentos nostálgicos de vermos personagens de nossa infância apresentados a uma nova geração, num excelente filme.

Na trama, Smurfette é a personagem principal e ela não está contente pois começa a perceber que todos os homens do vilarejo têm uma função precisa na comunidade, menos ela. O fato dela ser 
uma invenção do Gargamel também é abordado na trama. Algumas cenas no início e no fim do longa são apresentadas num formato de documentário, o que achei bem interessante para uma animação. Indignada por não se sentir uma Smurf de verdade, Smurfette parte em busca de novas descobertas e conhece uma Floresta Encantada com diversas criaturas mágicas, que abriga uma aldeia de Smurfs mulheres, lideradas pela Smurf-Magnolia (Ivete Sangalo na versão brasileira), uma espécie de Mamãe Smurf. . Enquanto isso, o vilão Gargamel segue os seus passos.


A animação está tecnicamente muito bem feita e bem colorida e inclusive faz bom uso do 3D. A trilha sonora, que tem participação de nomes como Demi Lovato, surge no momento certo, não sendo tão boa quanto foi em Trolls (2016) de Mike Mitchell e Walt Dohrn, mas as animações guardam suas semelhanças. O roteiro do filme é bem elaborado, e diverte os pequenos e os grandes com ensinamentos válidos de que devemos valorizar o que somos, o que nos define.


O filme não apela para a questão de namoricos e formação de casais, embora fique nítido o sentimento de Robusto pela Smurfette. A dublagem conta com nomes de qualidade como Rodrigo Lombardi e participações do naipe de Ivete Sangalo, que sem dúvidas, canta e dança melhor do que dubla, embora não comprometa sua personagem.

Segue trailer de Os Smurfs e a Vila Perdida:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Isso! Comente! Faça um blogueiro feliz!

Compartilhar