sexta-feira, 14 de abril de 2017

Velozes e Furiosos 8


Ação automotiva Velozes e Furiosos 8 (The Fate of the Furious, EUA/França/Canadá/Reino Unido/Samoa, 2017), de F. Gary Gray, oitavo capítulo da série Velozes e Furiosos volta turbinado com a diversão prometida, à base de muita velocidade, ação e com o foco na família que foi formada ao longo da série. O elenco que não conta mais com Paul Walker, tem a vitalidade dos veteranos Vin Diesel, Michelle Rodriguez, Dwayne Johnson, Tyrese Gibson, Ludacris e Jason Statham. Além de Charlize Theron, que interpreta a vilã da vez. Dessa vez a trupe vai a Havana, faz uns rachas por lá, passa uma mensagem de respeito aos cubanos, passa por Berlim, vai na neve do mar ártico e termina em Nova York, senso que mais uma vez emociona na cena final, dessa vez com o batismo de uma criança que passa a integrar a família e uma linda oração familiar ao redor da mesa.

Na sequência de Velozes e Furiosos 7 (2015) de James Wan, um dos filmes mais rápidos a atingir a marca de 1 bilhão de dólares em bilheteria e o sexto em escala mundial, neste novo capítulo de uma das séries mais populares e longínquas de todos os tempos vemos que Dom (Vin Diesel) e Letty (Michelle Rodriguez) estão em lua de mel e Brian e Mia se retiraram do jogo, e o restante da equipe foi exonerada para seguir uma vida normal. Mas, quando uma mulher misteriosa (a ganhadora do Oscar Charlize Theron) seduz Dom para o mundo do crime, ele parece não conseguir escapar e a traição das pessoas próximas à ele fará com que todos sejam testados de uma forma como nunca antes foram.

Das margens de Cuba o filme inicia naquela pegada típica da franquia. Para proteger um primo, Dom faz um desafio correndo praticamente num carro zumbi, todo depenado, mas turbinado. Ele ganha o racha, correndo de ré em função do motor estar incendiado, mas acaba capotando e perdendo o carro, mas ganhando a aposta. No entanto, Dom se nega receber o carro do oponente, pedindo apenas o respeito, uma clara mensagem sobre a atual relação EUA x Cuba. 


O filme faz algumas viradas de personagens. O Dom, estranhamente se torna parceiro dos vilões, o que é visto com maus olhos (Jason Statham) se torna bonzinho salvando a criança e o fortão (Dwayne Johnson) é quem une a trupe para cruzar o globo e impedir que um anarquista desencadeie o caos... além de tentar trazer pra casa o homem que os tornou uma família. O filme tem a participação inclusive da excelente Helen Mirren. O 3D é absurdamente dispensável, e a trilha sonora não é tão marcante quanto nos filmes anteriores.

As cenas de ação do filme são de tirar o fôlego. Seja de alta velocidade, seja nas lutas, seja os carros correndo na neve. O elenco sente a falta do carisma de Paul Walker, mas é uma diversão garantida ver um filme como Velozes Furiosos. No final, quando tudo volta ao normal, o filme me entrega uma linda cena de a família celebrando a união e agradecendo ao Criador numa linda oração.

 Confira o trailer Velozes e Furiosos 8:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Isso! Comente! Faça um blogueiro feliz!

Compartilhar